Nunca te deixes sozinho

terça-feira, janeiro 24, 2017 2 Comments A+ a-



15 de Janeiro de 2016


Não quero que te pareça um sermão o que estás prestes a ler. Se quiseres é claro. Tenho reparado nos teus últimos dias, sim teus, porque de meus já nada têm, nossos muito menos; já pouco sei sobre ti, por onde tens andado e com quem, pouco sei acerca dos teus pensamentos e devaneios mas se há coisa que conheço é o teu foco em descobrires quem és. Verdade seja dita sempre admirei isso em ti, o facto de quereres mais e mais, de quereres atingir aquilo que nem sabias ser possível de alcançar,  mas na minha opinião que vale pelo que vale nunca o descobrirás sem viveres. E com “viver” não quero dizer a merda de rotina que teima em consumir-te, desculpa o prosaico do termo, acordares a pensar “tem que ser” e ires dormir a reclamar “finalmente”. Com “viver” quero dizer procurar o que te faz feliz, sem hesitações, sem medos, sem arrependimentos, sem lamentações.  Não é errado se te faz feliz.
A vida é imprevisivelmente previsível, pequena de mais para nos procurarmos, para nos definirmos com esquemas e rótulos, por isso pede, implora, questiona, declara, rouba, devolve, nega, sonha, acorda, come, bebe, escolhe, experimenta, arrepende-te, consulta, espera, avança, mas acima de tudo sente; sente com todos os tecidos do teu corpo. Não deixes que nada te escape por entre os dedos, a prioridade és tu, a tua felicidade. Não te abandones, não te reprimas, não te acanhes.
Traça o teu caminho, podes ir em primeiro lugar, mas leva alguém contigo, partilha o pódio. Anda lá! Oferece o que tens, recebe o que te dão, de sorriso rasgado. Existem limites sim, se os traçares. Não o faças, por ti.
Já te contei que aprendi isto? Mas não foi sozinha.
Nunca te deixes sozinho, por favor.

J

Chamo-me Sara, tenho 21 anos e uma vida de adulta muito corrida. Nómada a vida inteira, e por isso o meu sonho é deambular pelo mundo. Dizem que tenho jeito para meia dúzia de frases e para contar piadas sem piada. De mim, é o que sei, sejam bem-vindos!

Comentários
2 Comentários

2 Comments

Write Comments
18 de agosto de 2017 às 01:15 delete

Amei como pensa, escreve, e vê o mundo. Vou amar passar um tempo lendo seu blog.
Beijos de mais uma seguidora!

Reply
avatar
Sara Oliveira
AUTHOR
18 de agosto de 2017 às 01:46 delete

Obrigado pela visita :) beijinhos

Reply
avatar